.
Aurium.Colivre.Coop.br Esse site é Legal Demais para Internet Explorer

Aurium :: BlogadaAurium20051003223858

Últimas blogadas:

%HEADLINES{"http://softwarelivre.org/aurium/blog/feed" refresh="600" header="SoftwareLivre.org" limit="15" format=" * $title" }% %HEADLINES{"http://cirandas.net/aurium/blog/feed" refresh="600" header="Cirandas.net" limit="15" format=" * $title" }%



Este é o logotipo do Fórum Baiano de Inclusão Digital, que teve a sua primeira edição em conjunto com o II Fórum Baiano de Software Livre (Veja o site!). Quis dar a ele uma caracteristia fortemente ligada cultura local, mas o que fazer? Colocar o Farol da Barra como todo mundo? Ou um Acarajé... um Berimbal? Não. Mesmice não dá.

Criei o bonequinho com base num dos bonequinhos do logo do FBSL, mas esse não é pontudo como os outos e recebeu uma diferenciação também da cultura local, mas não é do colar de baiana que estou falando… O que tem de interessante nele é a mensagem oculta. Sim! O circulo de bits em volta dele diz algo (na leitura anti-horária). Como alguns amigos tiveram dificuldade de ler e muita gente nem deve imaginar como, vou explicar:

Cada 4 digitos binários podem ser diretamente convertidos para um digito hexadecimal sem necessidade de calculo de conversão de base, então, aproveite a tabelinha:
  0000 = 0
  0001 = 1
  0010 = 2
  0011 = 3
  0100 = 4
  …
  1100 = C
  1101 = D
  1110 = E
  1111 = F
( é claro que você pode fazer sozinho os que eu saltei... wink )

Cada 2 digitos hexadecimais representam 1 byte que pode ser convertido em um caracter pela tabela ASCII. Por exemplo, 41 é igual a A e 5A é igual a Z.

Mas onde eu pego a tabela ASCII?
Ora… É simples. Abra o terminal e digite: echo -e "Meu caracter \x41"
E ele responderá: Meu caracter A

O argumento -e do comando echo faz com que a string seja devidamente tratada antes de ser impressa. O \n será convertido em quebra de linha e o \x## será convertido no caracter corespondente da tabela ASCII, dentre outras conversões…

Assim você verá o nome de um orixá, que além de outras coisas é patrono ou deus (ví as duas denominações) da tecnologia. big grin

OGUM é o orixa do ferro, da guerra, do fogo, e da tecnologia

DiggThis

Copyright © 2004 - 2019 Aurélio A. Heckert
Conteúdo licenciado sob Creative Commons by-nc-sa